Corsário



Eu já vou, para casa onde mora minha paz
Eu que sou tudo
que abraço meu tempo com a leveza que me foi dada
depois de tanta tempestade
sou mais corsário...
porto do próprio mar que navego...

Érica Alcântara
18/11/2016

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Batizado e a superação do medo

Resistência

Mulher da terra