Postagens

Mostrando postagens de Abril 5, 2017

Tenho esperanças, mas não alimento ilusões

Ano novo, vida nova. Adoramos esta frase, acredito que seja por ela nos dar a esperança de que existe a oportunidade de começar de novo. Particularmente não alimento esta ilusão. Não dá pra começar de novo, voltar ao útero materno e refazer o parto, o desligamento do cordão e os primeiros passos. A vida pode ser cíclica, mas o tempo, este implacável amigo de todas as horas, o tempo é sempre linear. E todos nós avançamos rumo ao futuro incerto. Tecendo com cada palavra, com cada novo gesto, o amanhã - que descortina sobre nós a cada instante. Somos o que fazemos. E repetidamente nos esquecemos disso, da importância de nossas atitudes sobre nós mesmos e sobre as pessoas a nossa volta. Um papel de bala no chão parece pouco, mas se 54 mil pessoas pensarem assim não haverá terra para tanto laminado, nem bueiros para tanto lixo. Você faz a diferença. Seu voto hoje tem voz, corpo e sangue nas veias. Está na gestão, nos gabinetes governamentais, assinando papéis que determinam como seremos i…