Flor de tempo

Horas falidas
Caíram no vão da vida
O ar me entorpece
As pessoas me trazem cansaço
A palavra perdeu-se
Solitária
Consumiu o verbo e pecou com imagens...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um passo de cada vez

Preta sim, mulata jamais

Aprender a comer aos 40