Diáfana

Minh'alma diáfana se derrama sobre a tarde
é flácida, flexível como as letras
que no papel desdobram-se em desenhos
entrelinhas cortadas apenas pelo tempo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Preta sim, mulata jamais

Um passo de cada vez

Abandonado na UPA