Roda Vita

Tenho deitado a palavra morte
como quem deita ao conceito vida
qual vida que não tenha erro
qual morte que não tenha acerto
lançado para o mundo, o forasteiro
Sugado ao nada, em surro esterco
sobre a bipolaridade, repousa o olhar de Deus
ora vivo, ora morto. Abstrato.
Érica Alcântara

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Preta sim, mulata jamais

Um passo de cada vez

Abandonado na UPA