Poema I



Estou enxergando os homens

como eles são

pele, ossos e receios

(03/06/2005)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Preta sim, mulata jamais

Um passo de cada vez

Abandonado na UPA