Gosto do calor, dessa moleza no corpo que torna a vida mansa, lenta e a agitação não passa de uma contradição. 
Gosto dos músculos derretidos, desprendidos, do sorvete derretido na ponta dos dedos e cor dourada que cobre a pele de todos os filhos do sol...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Preta sim, mulata jamais

Um passo de cada vez

Abandonado na UPA